Terça-feira, 24 de Abril de 2018
menu
11 de abril de 2018

Bonga leva música africana em Junho ao Festival MED’18

Bonga confirmou a sua participação na 15ª edição do Festival MED'18, que decorre de 28 a 30 de Junho na zona histórica da cidade de Loulé, em Portugal. A presença de Bonga foi confirmada pela Câmara de Loulé, que organiza o festival, tendo anunciado, também, as participações dos artistas peruano Los Milros e do espanhol, Vurro, que se junta aos doze nomes já confirmados, e que vão proporcionar diferentes sonoridades da “world music.” A Câmara de Loulé afirma que, a genuína sonoridade do continente africano chegam a Loulé pela voz de José Adelino Barceló de Carvalho, mais conhecido por Bonga, que começou a carreira como atleta, mas cedo descobriu a verdadeira vocação, a música. Nascido em 1942, a voz de Bonga continua a ser um dos mais belos timbres de África e uma das principais referências da música angolana.

Já fez parcerias com Cesária Évora, Ana Moura, Marisa Monte, Vaya Con Dios, entre outros artistas mundialmente conhecidos. Recebeu três  discos de ouro e platina e foi condecorado pela Embaixada Francesa com a mais alta distinção cultural. Com mais de 40 anos de carreira, 30 álbuns editados e tendo influenciado várias gerações de cantores e instrumentistas, Bonga, segundo a organização, encarna a verdadeira essência da “angolanidade”. As canções “Mariquinha” e “Currumba” são alguns dos temas mais populares de Bonga, cujo auge da carreira internacional atingiu na década de 1980. Além de Bonga, o grupo peruano Los Milros marca a sua estreia no Festival MED. Los Milros são os criadores da “cumbia” amazônica, uma das muitas manifestações da “cumbia” peruana.

O grupo, que conta com uma longa carreira, é originário da cidade de Moyobamba, no departamento de San Martín, no Perú, cuja origem na selva lhes valeu o apelido de “Los Charapas de Oro”. O início da banda remonta ao ano de 1968 e tem-se mantido no activo até os dias de hoje. A presença de Los Milros no Festival MED’18 é uma das actuações esperadas com  muita expectativa. Vurro, artista espanhol que, em palco, rodeia-se de teclados, usa uma caveira de boi na cabeça, apetrechada, que lhe dá jeito para dar umas marradas em pratos de bateria.

O som é uma espécie de “boogie”, “twist” de difícil definição. Com um repertório com temas originais com forte influência conceptual bovina, Vurro apresenta-se em palco com uma energia contagiante e propícia a danças demenciais. O festival vai ter as actuações de Asian Dub Foundation (Reino Unido), Dub Inc (França), Morgane Ji (Ilha da Reunião), La Pegatina (Espanha), 47 Soul (Pa-lestina), Gato Preto (Moçambique/Gana/Portugal) e os portugueses Miguel Araújo, Orelha Negra, Sara Tavares, Gaiteiros de Lisboa, Teresa Salgueiro e Melech Mechaya.

Histórico do festival

Incluído no roteiro dos maiores festivais de “World Music” da Europa, o Festival MED tem decorrido no Centro Histórico de Loulé. Loulé é uma cidade portuguesa no distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, com cerca de dois mil habitantes. Para além de um alinhamento musical que leva a Portugal os melhores nomes das músicas do mundo. Este festival passa também pela mostra de gastronomia, artes plásticas, animação de rua, artesanato, dança, workshops, e muito mais, com objectivo de divulgar a cultura dos países da Bacia do Mediterrâneo.

O MED surgiu em 2004, numa tentativa de concretizar um festival de “música diferente e único”, que potenciasse a promoção do Concelho de Algarve e permitisse qualificar e diversificar a oferta turística. Entre outros objectivos, a organização pretende promover e revitalizar a zona histórica da cidade, numa perspectiva de dinamização cultural e, simultaneamente, de divulgação da cultura do Mediterrâneo, e da imagem turística na época de Verão. O festival tem já uma identidade própria e integra uma imagem de marca, que lhe confere destaque, em alguns roteiros dos festivais temáticos a nível da Europa, nomeadamente de “Músicas do Mundo”, nos planos além-fronteiras.

    

 

Notícias

20 de abril de 2018
Angola e Togo preparam reunião de Alto Nível

Luanda - As repúblicas de Angola e do Togo vão analisar, com maior profundidade, as relações bilaterais e perspectivar novas áreas de cooperação, durante uma reunião de alto nível a decorrer, ainda este ano, em território por definir.


20 de abril de 2018
Vida do combatente hoje em exposição

A Associação Tchiweka de Documentação (ATD) realiza, hoje, às 9h00, no  Memorial Dr. António Agostinho Neto, em Luanda, uma conferência e  exposição fotográfica sobre a memória do seu patrono, Lúcio Lara  (Tchiweka), que em vida completaria este mês 89 anos.


20 de abril de 2018
1º de Agosto supera Petro

O 1º de Agosto consolidou ontem a liderança do Campeonato Nacional  sénior masculino de Basquetebol, Unitel-Basket, agora com 65 pontos,  depois da vitória sobre o Petro de Luanda, por 89-77, no Pavilhão do  Kilamba, em jogo de acerto à quinta jornada da quarta volta.


11 de abril de 2018
Mirex aposta na captação de investimento externo

O Ministério das Relações Exteriores tem como uma das grandes  prioridades da sua agenda contribuir para a recuperação e o  desenvolvimento da economia nacional, em prol do bem-estar social dos  angolanos.


AngolaConsuladoServiçosComunicadosAudiências
Audiências
x
*
*
*
*
*