Quinta-feira, 21 de Junho de 2018
menu
2 de junho de 2017

cantora-angela-ferrao-lanca-minhas-raizes

A autora de “Wanga” disse ao Jornal de Angola que tem disponível para o mercado nacional dez mil cópias, que considera quantidade suficiente para satisfazer a procura dos seus admiradores, que esperam por este lançamento dez anos depois da cantora colocar no mercado o seu álbum de estreia. Depois de Luanda, a cantora tem em agenda uma digressão por várias províncias do país, nomeadamente Benguela, Namibe, Huíla, Huambo, Bengo e Cuanza Sul, sua terra natal, com o  objectivo de promover o CD “Minhas raízes”.

 Gravado no estúdio Letra & Sons, em Luanda, o disco inclui dez temas, nos estilos semba e kilapanga,  “Angelina”, “Nze Nze”, “Xinga”, “O Tempo Passa”, “Kamuyaya”, “Lázaro”, “Minhas raízes”, “Ulevala”, “Lua” e “Desilusão”. Este segundo disco de Ângela Ferrão tem a participação de dois irmãos seus  e do pai Lito Ferrão, que além das composições  fez coro em alguns temas. A produção do disco, explicou Ângela Ferrão, durou dois anos e meio, desde a fase de captação de som à masterização,  “Hoje não se produz um disco de qualidade sem grandes recursos financeiros, pois a qualidade está associada ao custo.

Nesta aspecto tive bastante dificuldades, mas graças a Deus consegui concluir e as condições estão criada para o lançamento do CD”, disse Ângela Ferrão. A cantora anunciou para o próximo dia 24 a realização de um espectáculo, na província do Bengo, para brindar os fãs e apresentar ao vivo os temas do novo disco. Em termo de estilo, disse, o álbum assemelha-se ao seu disco de estreia “Wanga”, feitiço em português, lançado, em 2007. Ângela Ferrão   nos arredores de Amboim, município da Gabela, a 7 de Maio de 1976, mas aos dez anos foi viver com o pai no Município de Wako Kungo. A música está no seu sangue desde tenra idade influenciada pelo pai que também é cantor e compositor.

Notícias

15 de junho de 2018
Angola e Coreia do Sul acordam elevar cooperação parlamentar

As repúblicas de Angola e da Coreia do Sul acordaram elevar as relações bilaterais, na perspectiva de acompanhar a dinâmica da cooperação ao nível dos governos dos dois países do domínio parlamentar.


15 de junho de 2018
Empresas francesas atraídas pelo investimento em Angola

O interesse dos investidores franceses por Angola aumentou com a recente  deslocação do Presidente da República, João Lourenço, àquele país, o  que é traduzido com a presença de cerca de 150 empresas das mais  representativas do sector agrícola e industrial num  encontro organizado  em Paris pelo patronato, no qual se esperavam inicialmente 60  participantes.


15 de junho de 2018
A Língua Portuguesa em Nós” patente ao público em Luanda

A exposição “A Língua Portuguesa em Nós”, patente ao público desde  quarta-feira, no Centro Cultural Brasil-Angola, na Baixa de Luanda,  inclui actividades paralelas para todas as idades.


5 de junho de 2018
Estrangeiros estão convidados a concorrer nas privatizações

O Executivo está a preparar a privatização total ou parcial de  algumas grandes e médias empresas públicas já seleccionadas, incluindo  do sector petrolífero, das telecomunicações e outros, revelou ontem, em  Bruxelas, o Presidente João Lourenço.


AngolaConsuladoServiçosComunicadosAudiências
Audiências
x
*
*
*
*
*