Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018
menu
21 de novembro de 2017

Companhia têxtil voltou a exportar

Tambwue Mukaz disse que a produção de fios de algodão, considerado  produto intermédio da Alassola, começou em 2016, com algodão proveniente da Índia e Grécia.  A primeira exportação partiu do Porto do Lobito  em 15 contentores de fio avaliados em cerca de 500 mil euros (93 milhões de kwanzas) e, tal como a segunda, tem empresas portuguesas do sector como destino, de acordo com números do presidente do conselho de administração da Alassola.

 Tambwue Mukaz afirmou que a empresa necessita de 11 mil toneladas de algodão por ano para que, no primeiro trimestre de 2018, possa pôr em funcionamento as três linhas     de produção. A empresa, actualmente a funcionar a menos de 15 por cento da sua capacidade instalada, está impedida por razões de carácter financeiro de aumentar a quantidade de algodão importado e dessa forma garantir o aumento da produção.

Precisamos de mais apoios financeiros visando o alargamento da produção fabril, devido à escassez da principal matéria-prima no país”, disse Tambwue Mukaz. Lembrou que o programa montado pelo governo de recuperação, ampliação e apetrechamento das industrias têxtil em Angola contou com financiamento de uma linha de crédito do governo japonês.

 

Notícias

15 de fevereiro de 2018
Parlamento e órgãos de imprensa devem manter diálogo aberto

Luanda - O presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, instou nesta quinta-feira, em Luanda, os órgãos de comunicação social e o parlamento a manterem um diálogo aberto e permanente e uma cooperação institucional fundamentada na lei, para se ultrapassar eventuais equívocos.


15 de fevereiro de 2018
Sector mineiro quer aumentar peso no OGE

Luanda - O Executivo tem trabalhado na prospecção e exploração de diversos recursos minerais para que o sector das minas tenha maior peso no Orçamento Geral do Estado (OGE), afirmou nesta quinta-feira o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo.


15 de fevereiro de 2018
Grupos convidados brilharam na catedral do Carnaval do país

Os grupos não trouxeram uma grande falange porque o Ministério da Cultura só permitiu a vinda de 80 elementos. 


30 de janeiro de 2018
Huambo cada vez mais acolhedora

A cidade do Huambo  tem uma outra imagem que a torna mais bonita,  acolhedora e num orgulho para os seus habitantes. A maior urbe da região  é também conhecida como a capital do Planalto Central, com uma  população trabalhadora, alegre e hospitaleira.


AngolaConsuladoServiçosComunicadosAudiências
Audiências
x
*
*
*
*
*