Quinta-feira, 21 de Junho de 2018
menu
4 de julho de 2016

Huila: Apelos a diversificação da economia é destaque semanal

O apelo foi feito à imprensa pelo presidente daquela agremiação religiosa, reverendo Diniz Eurico, sobre a visão da IESA na estratégia de diversificação da economia”, que considerou ser pertinente o contributo da igreja neste processo liderado pelo governo, por formas a se minorar à fome e a pobreza.

Segundo o reverendo é importante que os cristãos prestem o seu contributo no processo de dinamização da economia nacional, com base na aposta na produção agrícola, como factor decisivo para o desenvolvimento do país.          

Noutro desenvolvimento, o consultor do Ministério da Agricultura, Faustino Ângelo Manuel, afirmou que a diversificação da economia no país passa pelo aumento da riqueza não petrolífera, promovendo o emprego e melhorando o comércio de bens e serviços com o exterior.

O consultor fez esta apreciação durante a dissertação do tema “O desenvolvimento alternativo face a diversificação da economia”, na II Conferência Internacional  de Consumo de Álcool e Drogas, sob o lema “Por uma Angola sã livremo-nos das drogas e da toxicodependência”, promovida pela Fundação Eduardo dos Santos (FESA).

Na ocasião, Faustino Ângelo Manuel disse que este processo passa pela promoção da agro-indústria, pescas, actividades extractivas, a melhoria de condições gerais para a realização de negócios e redução de custos de contexto, para combater as assimetrias regionais, à pobreza e ao desemprego, conferindo maior estabilidade política e económica.

Constituiu ainda manchete, o anúncio da instalação, este ano, da Administração Geral Tributária (AGT), no município de Caluquembe, que dista 193 quilometros a norte da cidade capital da província da Huíla, com o objectivo de aproximar os seus serviços aos contribuintes da região.

Em declarações hoje à Angop, administrador municipal, José Arão Nataniel Chissonde, disse que a ideia da AGT resulta do facto de a circunscrição estar a registar um crescimento económico considerável.

José Arão afirmou também estar na forja a constituição de pequenas indústrias e estabelecimentos comerciais, tidos como potenciais contribuintes para as receitas do Estado. Com uma população estimada em 169 mil e 420 habitantes, o município de Caluquembe é forte na produção de milho, feijão e café.

Notícias

15 de junho de 2018
Angola e Coreia do Sul acordam elevar cooperação parlamentar

As repúblicas de Angola e da Coreia do Sul acordaram elevar as relações bilaterais, na perspectiva de acompanhar a dinâmica da cooperação ao nível dos governos dos dois países do domínio parlamentar.


15 de junho de 2018
Empresas francesas atraídas pelo investimento em Angola

O interesse dos investidores franceses por Angola aumentou com a recente  deslocação do Presidente da República, João Lourenço, àquele país, o  que é traduzido com a presença de cerca de 150 empresas das mais  representativas do sector agrícola e industrial num  encontro organizado  em Paris pelo patronato, no qual se esperavam inicialmente 60  participantes.


15 de junho de 2018
A Língua Portuguesa em Nós” patente ao público em Luanda

A exposição “A Língua Portuguesa em Nós”, patente ao público desde  quarta-feira, no Centro Cultural Brasil-Angola, na Baixa de Luanda,  inclui actividades paralelas para todas as idades.


5 de junho de 2018
Estrangeiros estão convidados a concorrer nas privatizações

O Executivo está a preparar a privatização total ou parcial de  algumas grandes e médias empresas públicas já seleccionadas, incluindo  do sector petrolífero, das telecomunicações e outros, revelou ontem, em  Bruxelas, o Presidente João Lourenço.


AngolaConsuladoServiçosComunicadosAudiências
Audiências
x
*
*
*
*
*