Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
menu
17 de agosto de 2017

Lopito Feijó no Instituto Camões

Imprescindível Doutrina Contra” é uma obra poética com cerca de uma centena de páginas editada pela luso-caboverdiana Rosa de Porcelana Editora e com distribuição prevista para os outros espaços falantes de língua portuguesa em África e no mundo. Em jeito de prefácio, o livro conta com um inédito de José Creveirinha - gentilmente cedido pelos herdeiros do Prémio Camões moçambicano - e está estruturado em três partes a que o autor metaforicamente denomina “instâncias”. Conta ainda com o posfácio  

Da Contundência de uma Doutrina” assinado por Helder Simbad, jovem escritor e crítico literário integrante do Centro de Estudos Literários Literágris, com sede em Luanda. Segundo Hélder Simbad no posfácio da obra, os leitores do poeta, nas páginas de “Imprescindível Doutrina Contra” vão encontrar “um Lopito mais jovem, porque actual, actualizado e actuante. Mais preocupado com os últimos (sub)desenvolvimentos e principais fenómenos sociopolíticos ocorridos em África e principalmente em Angola.

 

Notícias

24 de novembro de 2017
Sem fronteiras

Angola e a África do Sul assinam hoje, em Pretória, vários  acordos para dinamizar a cooperação bilateral e relançar o intercâmbio  económico entre os dois países, no âmbito da visita do Presidente da  República, João Lourenço.


24 de novembro de 2017
Centenas de empregos são providos pela indústria

Mais de duzentos novos postos de trabalho são criados até ao  primeiro semestre de 2018, no Cuito, Bié, com entrada em funcionamento  de quatro unidades fabris, ligadas à produção e engarrafamento de água e  à indústria cerâmica, anunciou ontem à Angop o director provincial da  Indústria e Geologia e Minas.


24 de novembro de 2017
Basquetebol Adaptado: Angola cumpre objectivo no africano

Durban (Do enviado especial) - A selecção nacional de basquetebol em cadeira de rodas obteve, hoje, o 5º. lugar do torneio africano da categoria, ao vencer o Zimbabwe, por 52-42, cumprindo o objectivo preconizado pelo Comité Paralímpico Angolano (CPA).


21 de novembro de 2017
Sanções da ONU têm cumprimento

O repatriamento de técnicos da Coreia do Norte que se  encontravam a trabalhar em Angola foi feito no estrito cumprimento, por  parte das autoridades angolanas, da resolução do Conselho de Segurança  das Nações Unidas que impõe sanções àquele país asiático, afirmou ontem,  em Luanda, o ministro das Relações Exteriores.


AngolaConsuladoServiçosComunicadosAudiências
Audiências
x
*
*
*
*
*