Domingo, 26 de MAio de 2024
menu
10 de abril de 2024

APANG incentiva parcerias público-privadas no ramo portuário do país

O financiamento nas infra-estruturas portuárias do país, com o recurso à parceria público-privadas, foi defendido terça-feira, na cidade do Soyo, província do Zaire, pelo presidente da Associação dos Portos de Angola (APANG), Manuel Nazareth Neto.

Falando na abertura da 5ª Mesa Redonda dessa organização criada em Janeiro de 2015, Manuel Neto anteviu vantagens na adopção desse modelo, do ponto de vista da eficiência das empresas portuárias e da partilha de custos e riscos de financiamentos.

Disse que a cabotagem nacional joga um papel fundamental para tornar o sector dos transportes mais sustentável, catalisador do tecido económico, da competitividade das empresas, da mobilidade dos cidadãos e da integração regional.

Neste âmbito, referiu-se ao sucesso alcançado pela Cabotagem Norte, que abarca as rotas Luanda/Soyo/Cabinda e vice-versa, desde a operacionalização do Terminal Fluvial de Passageiros e Cargas do Soyo, em Abril de 2022, e a entrada em funcionamento do Terminal Marítimo de passageiros de Cabinda.

Apelou para que se abram as janelas para o relançamento da Cabotagem Sul, considerando que no passado foi uma das mais robustas do país e que contribuiu para a economia de Angola.

O presidente da APANG defendeu que este desígnio passa por três factores fundamentais, nomeadamente, as infra-estruturas portuárias existentes, as embarcações de transporte e os volumes de carga disponíveis na região sul.

Disse que a expansão da cabotagem na região sul será antecedida de um estudo de viabilidade por parte da operadora Secil Marítima.

Por outro lado, considerou indispensável o desenvolvimento eficiente de uma rede intermodal de transporte de passageiros e cargas no país, observando estritamente as convenções, leis e as normas que regulam a actividade marítima e portuária.

A 5ª Mesa Redonda, que conta com a participação de especialistas dos sectores marítimo e portuário do país, decorre sob o lema “A Cabotagem Nacional e o seu impacto na economia", e debate vários temas ligados ao quadro regulatório da Cabotagem Nacional, Cabotagem Norte, situação actual e perspectivas.

O evento prossegue quinta e sexta-feiras, na cidade de Cabinda, com a abordagens sobre a Cabotagem Sul.

Entende-se por cabotagem o transporte de mercadorias ou passageiros entre dois portos ou lugares do mesmo país.PMV/JL

Notícias

23 de maio de 2024
Nasce no Porto nova Associação angolana

No dia 18 de Maio de 2024, decorreu na cidade do Porto, a cerimónia de apresentação dos Órgãos de Gestão da  Associação Laços Angolanos no Porto (...)


13 de maio de 2024
Cônsul Geral participa em encontro com a Associação do Corpo Consular do Porto

O almoço de trabalho contou, igualmente, com a presença de Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto (...)


8 de maio de 2024
COOPERAÇÃO EUA-ANGOLA

O Presidente da República, João Lourenço, testemunhou a assinatura de três acordos (...)


8 de maio de 2024
Cônsul Geral analisa com a Comunidade Estudantil a Integração dos Estudantes

A Cônsul Geral de Angola no Porto, Dra. Dulce Gomes, reuniu-se esta semana com a comunidade estudantil  em Coimbra (...)


AngolaO ConsuladoOs ServiçosComunidadeImprensa