Domingo, 26 de MAio de 2024
menu
16 de abril de 2024

Atracção de investimento para o sector mineiro nas prioridades do Governo

O sector dos Recursos Minerais em Angola é desafiante e continua em busca da atracção de investimento e da descoberta de novo potencial geológico mineiro para ultrapassar a produção de 10 milhões de quilates anuais.  

Esta afirmação foi feita esta segunda-feira pelo secretário de Estado para os Recursos Minerais, Jânio Correia Victor, quando falava à imprensa à margem da cerimónia de abertura das jornadas do trabalhador mineiro 2024, a decorrer até ao dia 27 deste mês, em Luanda.

O responsável disse que o sector  está a trabalhar igualmente no desenvolvimento das múltiplas cadeias de valor do sector.

Referiu ser o sector bastante diversificado, pelo que o investimento vai permitir um aumento da produção de forma significativa.

Em relação a produção do ouro, fez saber que existem geologicamente algumas ocorrências, sendo que, com os levantamentos do Plano Nacional de Geologia, o país dispõe de mapas com maior detalhes que permitiram que se tivesse apostas consideráveis em termos de investimento.

Segundo Jânio Victor, nesta altura o desafio passa pelo aumento de produção de pedras e metais preciosos, incremento da produção e processamento de rochas ornamentais e o aproveitamento de recursos não metálicos como ferro, fosfato e potássio.

De igual modo, pelo aumento da produção de metais ferrosos, incremento da lapidação de diamantes e o aumento do conhecimento geológico de Angola, visando a elaboração de mapas e actualização de inventário de recursos minerais existentes no país.

“Assim como continuamos também a promover as boas práticas de governação como o rigor e a transparência na concessão de direitos mineiros”, frisou.

Entre as actividades das jornadas do trabalhador mineiro, destacam-se a atribuição do Prémio Catoca de Jornalismo, abertura do campeonato de xadrez, momento de poesia, workshop sobre ouro, exposição fotográfica, lançamento de livro e o prémio mineiro de ciclismo.

O secretário de Estado fez menção da inauguração de alguns projectos constituídos actualmente em sociedades mineiras na província de Cabinda, bem como falou da existência da produção de ouro nas províncias do Huambo e Huíla, pelo que se pretende incentivar os investidores nacionais e estrangeiros e as grandes multinacionais para encararem a realidade do ouro em Angola.

Explicou que Angola tem minas, mas “está a iniciar para que possam ser algo valioso para o país e que venha a contribuir para a indústria de jóias”.

Neste sentido, apontou a existência da Geoangola, detida pela ENDIAMA, que está neste momento a construir uma refinaria de ouro para que este produto seja refinado no país.

O Dia do Trabalhador Mineiro foi instituído a 27 de Abril de 1985, pelo então Conselho de Defesa e Segurança de Angola, em reconhecimento ao desempenho deste segmento da economia nacional, que transforma em riqueza os recursos minerais de que o país dispõe.

O Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás comemora a efeméride com a realização de jornadas técnicas e científicas nas províncias de Luanda, Huambo, Lunda-Norte e Lunda-Sul, caracterizadas por actividades que envolvem entes ligados ao sector, sob o lema "A evolução e perspectivas da actividade mineira em Angola". HM/VC

Notícias

23 de maio de 2024
Nasce no Porto nova Associação angolana

No dia 18 de Maio de 2024, decorreu na cidade do Porto, a cerimónia de apresentação dos Órgãos de Gestão da  Associação Laços Angolanos no Porto (...)


13 de maio de 2024
Cônsul Geral participa em encontro com a Associação do Corpo Consular do Porto

O almoço de trabalho contou, igualmente, com a presença de Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto (...)


8 de maio de 2024
COOPERAÇÃO EUA-ANGOLA

O Presidente da República, João Lourenço, testemunhou a assinatura de três acordos (...)


8 de maio de 2024
Cônsul Geral analisa com a Comunidade Estudantil a Integração dos Estudantes

A Cônsul Geral de Angola no Porto, Dra. Dulce Gomes, reuniu-se esta semana com a comunidade estudantil  em Coimbra (...)


AngolaO ConsuladoOs ServiçosComunidadeImprensa